domingo, 15 de julho de 2012

Capítulo 08

Annie entrou na sala do diretor ainda sentindo uma louca vontade de agarrar Cecily pelos cabelos. Ela estava sendo segurada pelo braço. Cecily estava mais atrás com cara de ódio reprimido, ao lado de Mallory, que por sua vez estava com cara de "Minha Nossa!".
- Senhor Diretor... - Disse o homem que segurava Annie ao entrar na sala, mas viu que a sala estava vazia. - Onde está ele?
- E a gente é que sabe? - Disse Cecily.
- Não seja mal-educada, garota! - Ralhou o homem com Cecily. - Vou ter de procurá-lo. E vocês não tornem a brigam. Você de cabelo vermelho... Você olha elas aqui, não demoro!
E saiu, deixando-as. Annie olhou para as garotas, e viu que Cecily estava olhando-a com raiva, enquanto passava a mão no cabelo, que estava bagunçado por conta da briga.
- Olha... Admirava vocês por conta dos seus estilos - Começou a falar Annie. - Mas não sabia que vocês eram tão estúpidas. Não se fala com alguém daquela maneira.
- Ei! Eu não te fiz nada! - Disse Mallory.
- Desculpa! É que... Sei lá, estou com raiva do comportamento da sua amiga!
As garotas se calaram um momento. Depois Cecily disse.
- Ninguém nunca me enfrentou. Ou me bateu na escola.
- Verdade! - Disse Mallory com um sorriso. E se voltou para Annie. - Você foi a primeira!
Annie apenas olhou para as garotas.
- Acho que a gente intimida as pessoas, não é, Cecily? - Perguntou Mallory.
- É. - Respondeu Cecily. - Mas acho até bom. Porque não gosto de me socializar muito. Sou muito reservada.
- Mas agora você vai ser o comentário de muita gente na escola. - Disse Mallory. - Mais do que já é!
- E o que os outros falam de vocês? - Perguntou Annie.
- Dizem que somos estranhas, loucas, bruxas... - Informou Mallory.
- Mas somos únicas! - Disse Cecily. - Fazemos o que queremos, não estamos nos importando com os outros... Afinal, os outros são os outros.
- Legal! - Disse Annie.
As garotas olharam para Annie um instante.
- Você é bonita! E parece ter coragem pra fazer muita coisa! - Disse Mallory. - Mas não tem estilo!
- Como assim... - Perguntou Annie. - Não tenho estilo?
- Você é normal demais! - Explicou Cecily. - Você tem de encontrar um estilo em que você se encaixe.
- Você parece com as demais garotas da escola. - Disse Mallory. - Eu e Cecily temos nossos estilos. Olha, Cecily é gótica, por ser reservada. Eu sou punk por não aceitar todas as coisas da vida, por ser um pouco explosiva, mas não tão reservada. Você tem de encontrar um estilo.
- E aí andaria com vocês? - Perguntou Annie.
- Claro, adoraríamos! - Disse Mallory. - Você tem coragem. Tem personalidade. É decidida. Mas não gostamos de quem não tem um estilo. Você tem de mudar!
- Está bem! - Disse Annie.
E passaram mais um momento caladas. Annie olhava para o chão, e sorria. Mallory voltara-se para Cecily, que estava passando a mão pela bochecha.
- Belo tapa! - Admirou-se Cecily, falando para Annie, rindo. - Você quase acabou comigo!
As garotas sorriram. E apesar de o momento ser estranho, uma amizade nascia entre Annie e as "esquisitas" da escola.

Verônica voltou ainda um pouco abalada pelo que Henry havia lhe dito. Mas mesmo que quisesse começar algo, Nick não saía do seu pensamento. Parece que agora a imagem do garoto estava mais nítida em sua memória. E queria? Queria começar algo com Henry? A confusão em seu coração estava fazendo a garota sentir uma dor forte no peito. Ela lembrou dos momentos conjugados no passado mais que perfeito que viveu com Nick. Como deixar isso pra trás? Mas sabia que Henry podia fazer "sarar" as feridas que Nick havia deixado em seu coração. Afinal, Henry era uma boa pessoa, além de ser bonito. Mas como? Como poderia?
Verônica então chegou a mesa onde seus primos e Farrah estavam, com uma expressão confusa e amargurada, mas do que ela já era.
- O que aconteceu, Verônica? - Perguntou Farrah. - Você está bem?
- Não. - Respondeu. - Não estou!
- E o que foi? - Perguntou Ryan.
- Alguém te fez alguma coisa, prima? - Perguntou Lion.
- Conta! Vamos acabar com quem fez mal a você! - Disse James.
Verônica sentiu vergonha. Mas ela pensou que os primos estavam sendo tão gentis com ela e Annie, que era até grosseira ser tão misteriosa com eles.
- Henry me pediu em namoro! - Informou Verônica.
Todos ficaram de olhos arregalados. E depois de um tempo olharam uns para os outros e riram. Mesmo Verônica demonstrando não estar achando graça.
- Que bom, Verônica! - Disse Ryan, quando acabou de rir. - Henry é um cara muito legal. Posso te dizer isso, afinal, ele é meu amigo!
Verônica balançou a cabeça, confusa. Farrah entendeu que era o tal do Nick que não havia saído da cabeça da garota.
- Verônica... - Farrah começou a falar para a amiga, mas de um jeito que os garotos não entendesse tudo. - Acho que você deve dar uma chance ao amor! Você não tem de ficar assim, sozinha. Você é uma garota jovem, bonita, e legal e se acaso algo que aconteceu ainda te incomoda, está na hora de deixar no passado. Viva o presente. E esse presente se chama Henry.
Os garotos as observavam por um momento,calados, tentando entender o que Farrah havia dito. E então James rompeu o silêncio.
- Não entendi o que Farrah disse, Verônica. - Falou olhando para a amiga, e depois para a prima. - Mas vá atrás de Henry, ele parece ser legal!
- É, Verônica! - Disse Lion. - Nem que seja pra dizer pra ele te deixar em paz, ir procurar outra... Ou ficar na mão.
Verônica se intrigou com a frase de Lion, por não entender o seu real significado. James abafou um risinho. E Ryan e Farrah jogaram papeis amassados em Lion, rindo.
- Vocês estão certos! - Disse Verônica, se levantando. - Vou atrás de Henry.
E saiu.
- Mas você não disse o que vai fazer! - Gritou Lion, se levantando. - Vai ficar com ele ou não vai?
Verônica não ouviu.
- É, irmão. Agora é esperar e ver o que vai dar. - Disse Ryan.

Annie estava saindo da sala do diretor, já haviam conversado com ele, Mallory, Cecily e ela.
As garotas prometeram que não iam mais brigar na escola. Pediram até desculpas uma para as outras. Annie saiu pensando em como seria sua amizade com Mallory e Cecily, e se mudaria seu estilo.
Nisso ela estava na altura da quadra de esportes, pensando em tudo o que as garotas haviam lhe dito.
- Será se eu mudo de estilo? - Falou para si mesma. - E se mudar. Pra qual vai ser? Será se vão me chamar de esquisita? Mas quer saber? Não estou nem aí... Nunca dei a mínima para o que falam de mim?
E então um grupo de três estudantes passaram correndo por ela. Eles pareciam transgressores, a julgar pela aparência dos três. Não que eles aderissem a estilos que nem Mallory e Cecily, mas porque eles não estavam ajeitados, como os demais estudantes, na verdade estavam com o fardamento todo torto, amarrotado, um pouco amarelado em certos pontos e ainda estavam com suas mochilas, sujas e abertas.
Annie ouviu a única garota do trio, que era um pouco mais alta que ela, e de cabelos crespos loiros e sujos.
- Ainda bem que inventaram o canivete! - Disse rindo para os dois garotos que a acompanhavam. - Serve até para abrir fechaduras.
Os garotos riram com o comentário. E o garoto maior, de cabelos loiros escuros, e que parecia ser o líder do grupo, disse.
- É verdade, Lorraine! Mas o Donnie aqui... - Disse, ainda rindo, como se debochasse, apontando para o outro garoto da mesma altura, esse por sua vez, parecia ter descendência latina, a julgar de sua cor parda, e cabelos castanhos. - Disse pra termos cuidado. Senão vamos ser descobertos!
- Idiota! - Disse Lorraine. - Como se os outros não nos culpasse por todas as coisas que acontece aqui nesse manicômio, não é Craig?
O líder do trio concordou.
- Verdade! - Disse. - Dizem que tudo é culpa da gente!
- E o pior é que é verdade!  Disse o rapaz latino, Donnie.
E os três riram alto. Annie percebeu que os três eram desbocados. Tanto pelo tom que falavam, pelo jeito que andavam, e pelo jeito que sorriam.
Eles estavam a uma certa distância, quando a garota viu um saquinho pequeno. Com certeza eles deixaram cair. A garota pegou-o e falou um pouco alto.
- Ei! Você deixaram cair o seu... - E olhou um momento para o que havia no saquinho. E depois continuou, mas em tom normal. - Baseado!?!
Alguém tapou sua boca com violência e a carregou até um lugar em que ninguém pudesse vê-los. Annie não sabia quem era que a estava puxando. Depois viu que era Mallory.
- Fala baixo! Quer que alguém escute que Craig, Lorraine e Donnie entraram na escola com baseado? Eu não ia querer!
A garota falou num sussurro.

Verônica estava aflita, procurando Henry, no meio de tanta gente que ia e vinha, de um lado a outro. Ainda se perguntando se teria a coragem de deixar Nick para trás ou não.
Seu coração batia mais acelerado a cada passo, e alguns minutos depois, a garota ouviu a sineta tocar. Ela tinha de voltar a sala de aula.
Mais uma vez uma multidão passou por ela, apressada indo em direção às salas. Foi quando Verônica viu Henry, que estava com um grupo de amigos, mas apesar de todos estarem sorridentes, ele parecia triste. Verônica tentou passar pela multidão, tropeçando, esbarrando, correndo, até chegar ao garoto.
- HENRY! - Chamou. - HENRYYY!!!
E viu os amigos do garoto olharem para ela, e logo depois começaram a abafar risinhos.
- Henry, a gatinha quer falar com você! - Avisou um amigo dando um tapinha nas costas do garoto que tomou um susto ao se virar e ver Verônica.
- Henry... - Verônica disse, ofegante. - Preciso falar com você!
- S-Sim! - Henry parecia muito nervoso. - O q-que f-foi, Verônica?
- Tenho uma resposta a sua pedido!
Henry se arrepiou.
- E-E q-qual é?
Verônica semicerrou os lábios. Pensou em Nick mais uma vez. Tremeu um pouco. Teria coragem de fazer isso, deixá-lo para trás? Se sim ou se não ela não saberia. No momento seguinte, na frente dos amigos de Henry ela tomou uma atitude impulsiva, a primeira vez depois de muito tempo.
Ela o agarrou pelo colarinho e o beijou.
Os amigos de Henry olharam uns para os outros e riram, maliciosamente. Verônica ainda pôde ouvir um "Que cara de sorte! Esse nasceu virado pra Lua!"
Henry tremeu. Sentiu-se o cara mais feliz do mundo. Pôde até ouvir fogos de artificio em seu interior.
Verônica, após um momento, se afastou um pouco de Henry, ainda com as mãos em seu colarinho. Deu um sorriso mínimo.
- Isso responde sua pergunta? 


30 comentários:

  1. Nossa issa frase foi da hora "Isso responde a sua pergunta?" e a atitude dela tbm foi muito boa msm
    Parabens
    *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é...a verônica foi mtu corajosa nesse capítulo...e ainda respondeu de maneira incrível a pergunta de henry!
      obg pelo comentário.

      Excluir
  2. ameeeeeeeei esse capítulo! a verônica agora tomou rumo na vida...hehehehe
    adoro s.o.s coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é...pareceu...mas aguarde os próximos capítulos...hehehe
      obg pelo comentário.

      Excluir
  3. a primeira vez gostei da verônica,deu pra perceber que ela não quer nada com o henry mas ela tomou atitude. ai aciello,vc vai me matar!todo capítulo uma surpresa.kkkk mtu bom!

    ResponderExcluir
  4. Oi aciello e oi pra vcs tbm q estao visitanto esse blog, quem é rockeiro e ama rock pod ir lá visitar o meu blog http://rockdeverdadeeatitude.blogspot.com/ e deixem um comentario lá..bjs

    ResponderExcluir
  5. aciello,I LOVED THIS CHAPTER! SO AMAZING! I LOVE VERONICA, SHE IS SO DRAMA QUEEN!!! xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verônica is really the drama queen! LOL
      thanks!

      Excluir
  6. Oi migo eu criei passa lah por favore eh http://rockdeverdadeeatitude.blogspot.com/ deixa la um comentario ta eu vou amar tr a presença d vc migo,e se quizer me seguir ia amar,rsrs..bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. passei lá...SIGO E RECOMENDO!!! hehehe
      boa sorte com seu blog...e divulgaa, menina!
      bjaum

      Excluir
  7. aciello, sua estória é incrível muito boa mesmo! eu e minha namorada rafaela estamos curtindo tudo. sucesso.
    joão renan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, João Renan..valeu mesmo! continuem lendo, tah?
      valeu pelo comentario!

      Excluir
  8. valeu por entrar em meu blog ta bjs...e continue emtrando rsrs muito obrigado e vou te seguir t amo migo afinal vc eh muito lrgal cmigo rsrs bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. d nada! vou continuar entrando no blog! e se quiser usar meu blog pra divulgação tamo aki...pode divulgar! obg pelo carinho...e sucesso!

      Excluir
  9. adorei... tomou vergonha na cara!
    num é bem oq a pessoa em que a personagem é inspirada faria... mas esse cápitulo está incrííííííííííííível!
    adorei!

    tetodeorigami.blogpot.com

    xoxo**

    P.S.: se der continua me ajudando a arrumar seguidores!

    ResponderExcluir
  10. Vou fazer uma pequena merchandise aqui em seu lindo blog Aecio...
    por favor pessoas que leem esse blog peço que deem uma passadinha nesse blog: tetodeorigami.blogspot.com
    lá tem muita coisa legal!

    xoxo**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk...pois é, tomou vergonha,né??? rsrs..
      e será q a vera não faria isso? duvido naum...kkkkkkkkkk
      obg minha linda! e continua lendo!
      e pode fazer merchan quando quiser...o espaço tah liberado pra vc...
      bjaum...e divulga mtu...sucesso, anjo!

      Excluir
  11. Q cap. demais! aciello, pq vc não escreve um livro, ou busca se aprimorar pra mais futuramente fazer uma novela na tv. Pq achei parecido com novela o jeito do seu conto.
    Jessica Tavares

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é...tdos já falaram isso...quem sabe no futuro???
      obg pelo comentário.

      Excluir
  12. aiii...veronica s2 henry! lindos juntos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade! verônica e henry formam um casal lindo de se ver.
      obg pelo comentário.

      Excluir
  13. Maria fernanda
    ameeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiii o capitulo meu deus mto,mto bom casal perfeito ah e fikei curiosa sobre aquele trio e mallory

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Fernanda, meu anjo...obg pelo comentário!
      o casal tah muito massa mesmo... mas haverá muitas surpresas ainda, e o trio barra pesada da escola vai dá o que falar...e Mallory vai ter uma subtrama muito bacana...fika ligada, não deixa de ler...beijão!

      Excluir
  14. q conto incrível.gostei muito do seu texto envolvente e rápido. tá de parabens.
    seus mais novos fãs aroldo,klesia,anita,rinaldo,maria clara e joão mateus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg, galera! que bom q vcs tão acompanhando! pois é...tem de ser assim mesmo, pq tem de ser envolvente e rápido...senão cansa, né? rsrs... continuem lendo, galera! e divulguem!

      Excluir
  15. Respostas
    1. já postei! desculpas pelo atraso...continue lendo e divulga! e comenta o q axou, tah? bjaum!

      Excluir
  16. muy lindos verônica y henry.

    ResponderExcluir
  17. buenissima pareja mismo! gracias por lo comentario.

    ResponderExcluir