domingo, 24 de junho de 2012

Capítulo 04

Verônica ainda ficou um momento na sala. Ela não deixou de perceber que Henry a observava ainda com uma expressão estranha. Ryan ainda perguntou ao amigo.
- E então?
- E então o que? - Perguntou Henry incapaz de voltar o olhar ao amigo.
- Como o que? - Ryan olhou estranho a Henry. - Você não ia me dizer como conseguiu os convites da festa?
- Ah... É... Como eu consegui? Hum, eu...
Verônica, alheia a conversa, interrompeu o garoto.
- Ryan, eu vou subir e ficar com Annie e os garotos.
Henry se levantou depressa.
- Muito prazer, Verônica.
Verônica pareceu se assustar um pouco.
- Muito prazer também, Henry.
E então a garota saiu. Henry se sentou e pareceu perceber que estava com Ryan.
- E então? - Perguntou a Ryan.
- E então você vai me dizer ou não como você conseguiu os convites da festa? - Ryan falou impaciente.
- A Verônica e a irmã dela vão morar aqui com vocês? - Perguntou Henry olhando para a escada.
- Sim. Elas vieram de Surrey, e vão estudar na nossa escola.
- Sério? - Henry deu um pequeno sorriso.
- Sério. - Ryan perguntou desconfiado. - Porque?
- Nada. E quanto aos convites lhes entregarei na entrada. Ok?
- Tudo bem.
- Ryan, agora eu já vou porque tenho de fazer algumas coisas. - Falou o garoto se levantando.
- Está bem. - Ryan se levantou também. - Te acompanho até a porta.
Os amigos se despediram, Ryan trancou a porta e foi para junto dos irmãos e das primas. Ao chegar no quarto das garotas viu os irmãos e Annie ainda tirando as coisas das malas e Verônica sentada em uma cama, a mais próxima da janela.
- O novo quarto parece muito com o nosso antigo. - Falou Annie aos primos. - Só a cor que não era lilás, lá em Surrey nosso quarto tem a cor branca.
- Que bom que vocês gostaram! - Disse Lion. - E a cor... Isso foi idéia da Farrah.
- E por falar nela, quando a tal Farrah vai chegar? - Perguntou Annie.
- A tal Farrah acabou de chegar. - Falou uma garota que estava entrando no quarto. Tinha os cabelos loiros cacheados.
- Farrah, estas são nossas primas de Surrey, Verônica e Annie. - Apresentou James.
- Oi meninas! - Farrah as cumprimentou. - Quer dizer que os garotos não vão mais precisar dormir comigo no quarto?
- Farrah não gosta de dormir sozinha e pedia para nós dormirmos aqui com ela. - Explicou Lion rindo, ao ver a expressão de Annie. - Um dia eu dormia aqui, no outro, James, e no outro Ryan.
- Mas Ryan dormiu aqui mais do que a gente. - Informou James com um sorriso. - Não foi, Ryan?
- Deixem de dizer besteiras, idiotas. - Ryan apressou-se a dizer.
Verônica olhou para Farrah e Ryan. A garota estava rindo um pouco, e ocorreu então a Verônica que Ryan não apenas dormia quando estava no quarto com Farrah.
- Alguém está com fome? - Perguntou Farrah. - Passei no supermercado e comprei alguma coisa para o jantar.
- Humm... Agora que você falou me deu fome! - Disse James. - Vamos ver o que Farrah comprou?
- Podem ir. Eu ainda vou ficar por aqui um pouco. - Disse Verônica.
- Está bem! - Disse Farrah. - Vamos, garotos. Deixem as garotas. Elas devem estar com muita vontade de tomar um banho antes de comer.
- Isso é verdade, Farrah. - Disse Annie. - Depois a gente se junta a vocês.
Verônica e Annie então ficaram sozinhas no quarto.
- Estou gostando daqui, Verônica. - Disse Annie alegre. - Adoro os meninos, a Farrah parece ser muito gente boa, e a cidade é linda...Aiii... Vou tomar banho.
Logo a garota deixou o quarto, deixando Verônica sozinha.
- Do que adianta estar em Londres com os meninos, Farrah, e não ter o Nick? - Verônica se perguntou tristemente.

Longe dali, Henry estava sozinho na sua casa. Tinha acabado de tomar um banho. Entrou no seu quarto, e antes de se vestir, olhou para a janela e logo a imagem de Verônica veio em seu pensamento.
Aquela garota linda, apesar de não mostrar um grande sorriso era a garota mais linda que Henry já viu. Aquela garota despertou nele um arrepio, algo que jamais lhe ocorreu. Henry desejou que não tivesse a olhado com aquela cara de bobo apaixonado.
Meu Deus, estou apaixonado! Pensou.
Sorriu aquele sorriso de quando a pessoa que a gente ama vem ao pensamento.
O garoto foi até o espelho e ligou o rádio. Estava tocando "Inside out" de VonRay, pensou de novo em Verônica. Amanhã a encontrará na festa.
Verônica Watson, você aceita dançar comigo? - Perguntou Henry para uma Verônica invisível. E começaram a dançar.

Henry passou o dia seguinte todo ansioso por ver Verônica. logo chegou a noite e Henry saiu de casa e foi a rua seguinte e rumou a uma casa que ficava próxima a esquina. Havia muitas pessoas que conversavam, riam, dançavam. Henry entrou na casa e cumprimentou algumas pessoas, e a aniversariante, Georgia. Passado algum tempo saiu e ficou a espera de Ryan. Não demorou muito e ele, Verônica, Annie, James, Lion e Farrah apareceram.
- E aí, Henry? - Cumprimentou Ryan. Mas Henry estava fascinado demais com Verônica para prestar atenção no que Ryan estava dizendo.
Farrah deu um tapinha nas costas de Henry, fazendo o garoto "acordar".
- Henry, garoto!
- Oi! - Henry respondeu com um grande sorriso no rosto. - Oi, Farrah!
- E aí? Você está esperando a gente faz tempo?
- Não. Cheguei a uns dez minutos.
- E os convites? - Perguntou Ryan.
- Estão aqui! - Respondeu, dando-os ao amigo.
- Vamos então? - Perguntou Lion.
- Vamos! - Disse Henry.
O grupo foi andando, Henry ia na frente, parecia que estava pensando em algo. Ryan olhou para o amigo e disse para os outros.
- Ele está estranho!
- Você viu quando chegamos? - Perguntou Farrah. - Parecia que ele estava em outro planeta.
- Que seja! - Disse James. - Eu não estou me importando com o tal do Henry, quero mas é conversar com alguma gatinha.
E então eles entraram. James e Lion ficaram um pouco com os outros e depois se separaram. Ryan e Farrah estavam conversando com Henry que, de vez em quando, olhava na direção de Verônica e Annie.
As duas irmãs estavam um pouco afastadas dos outros. A música estava alta. Muita gente dançava. Verônica chegou para a irmã e falou para ela.
- Annie... Quero ir embora!
- Ir embora? - Annie que estava olhando para as pessoas ao seu redor, voltou-se para a irmã. - Mas acabamos de chegar! Esse pessoal todo estuda na escola que vamos frequentar. Farrah me disse hoje de manhã. Quero me socializar! E você deve fazer o mesmo.
- Não quero! - Verônica fez uma careta e cruzou os braços. - Prefiro ficar em casa.
- Não acredito, Verônica, que você vai se torturar até mesmo aqui em Londres. - Disse Annie repreendendo a irmã. - Descruze esses braços e trata de se divertir. Você tem de deixar de ser chata. Olha só como aqui tem muitos meninos bonitos.
Annie acenou para um garoto ruivo e alto.
- Não consigo, Annie! - Falou Verônica olhando para o chão. - Você sabe que não consigo.
- Está na hora de você tentar. - Disse Annie sorrindo. O garoto ruivo chegou até Annie. A garota começou a falar com ele. - Oi, gatinho! Minha amiga aqui disse que desde que entrou na festa estava querendo conversar com você.
Verônica boquiabriu-se.
Annie não está fazendo isso!  Pensou.
- Oi, sou o Mark. E você? - Perguntou o garoto. Verônica percebeu que ele estava na sua frente.
- O nome dela é Verônica. - Respondeu Annie, olhando para a irmã.
Mark não conseguia tirar os olhos dela.
- Verônica? Que nome bonito! Vamos sair daqui e ir a um lugar mais calmo pra conversar?
- Está bom aqui!
- O que? - O garoto não entendeu muito bem o que ela disse.
- Ela disse que adoraria ir lá fora com você. - Mentiu Annie.
- Vamos aqui pelos fundos. - Mark segurou no braço de Verônica e a levou. Antes a garota lançou um olhar assassino à irmã.
- Farrah foi até Annie, que estava preocupada com o que poderia acontecer.
- A Verônica de boba só tem o jeitinho, não é mesmo? - Falou rindo para a amiga. - Já conseguiu um cara.
- Farrah, ela não queria conversar com ele. - Explicou Annie, ainda preocupada. - Eu foi quem forcei a barra. Ai! Ela vai me matar.
- Consegue um pra mim então, garota! - Pediu Farrah, sorrindo. - Estou necessitada.
- Conseguir o quê? - Perguntou Ryan, que voltou ao encontro das garotas.
- Annie arranjou um cara para a Verônica.
- A Annie sempre foi a mais louca e inconsequente das duas. - Contou Ryan, sorrindo. - A festa está boa, não é?
- Sim, está. - Respondeu Farrah. - Onde estão os outros, Ryan?
- James e Lion já estão com umas garotas. E Henry foi falar com uns amigos.
- Ihh... Sobramos! - Comentou Farrah. - Até a Verônica já está com um cara. Vou a luta também!
E então a garota saiu deixando Annie e Ryan.

Passado algum tempo, Henry foi beber e conversar com alguns amigos. Eles estavam contando como estavam suas férias. O garoto começou a falar que havia viajado à Alemanha, onde tem alguns parentes. E soube das aventuras que seus amigos viveram nas férias. Mas de vez em quando olhava ao seu redor, procurando por Verônica. Passado mais algum tempo, se despediu dos amigos e disse que ia falar com Ryan, mas ele queria mesmo era saber de Verônica. Ao passar por um grupo de pessoas que estavam bebendo e dançando, alguém esbarrou nele com força. Ele olhou para a tal pessoa.
- Desculpa! Henry??? Henry!!! Me tira daqui, por favor! Me tira daqui!
Era Verônica. Ela estava chorando.

Tema do episódio: "Inside out" de VonRay


♪ Músicas online grátis! Acesse: www.powermusics.com

16 comentários:

  1. Hum aiai amo su historia acielo...ei VC TM NAMORADA?

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkk obrigado. que bom que vcs gostam da minha estória. e não...rsrs, não tenho namorada...mas tah qse lá...rsrsrs! comente sempre! obg!

    ResponderExcluir
  3. ta ok ; )..... rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Aciello, adoro sua história, só a Verônica que é meio chatinha. A história de amor é linda, mas a protagonista num dá uma chance sequer a cara nenhum!ah,não....mas você é um ótimo escritor, a história é muito bonita e emocionante.

    ResponderExcluir
  5. Obg por gostar da minha estória, mtu obg mesmo! Mas quanto a Verônica, é que ela nunca esqueceu o grande amor de sua vida, e ela sofre com isso, e é por isso também que ela não dá chance pra cara nenhum. Mas esse jeito introvertido dela faz todo o sentido para a estória...No tempo certo você vai saber porque. E ela está perto de ficar mais animada..kkk bjaum, e obg!

    ResponderExcluir
  6. Ei parec q vc tah de brincadeira cm a gnt mais antes vc tirar esse negocio de(TODO DOMIGO UM CAPITULO DO CONTO)porq vc nao bota..parec Q qr brincar cm nossa kra..ah vou parar de ler essa historia

    ResponderExcluir
  7. Não é isso! é serio...é q meu pc tava com problemas no domingo. Mas vou postar na quarta, acontece imprevistos...nunka aconteceu algum com você???
    não deixe de ler o blog. por favor! peço desculpas pelo atraso.

    ResponderExcluir
  8. me ajuda?eu gosto d um menino,nec ano agnt studa em scolas difrnts,no ano passado agnt estudava junto,aih eu gostava/gosto dle,tinha algumas pssoas q falavam q ele gstava dmim pr ele m atntar,me abraçar,pgar na minha mao,ai nec ano agnt nao c falou mais,eu tnho o numero dle/to cm mdo d lvar um fora

    ResponderExcluir
  9. oi, Sara...ajudo sim! parece q ele gostava de vc qndo vcs estudavam juntos. Vc até ouviu algumas pessoas falar q ele gostava d vc,não é? Então, vou te dar um conselho: se vc tinha uma certa intimidade com ele, pq vc não liga para ele e conversa com ele? mas primeiro se reaproxima dele, depois com o tempo vc percebe se ele ainda está afim d vc....mas primeiro se reaproxima, senão vc vai assustá-lo. E nunca tenha medo de levar um não. qlqr coisa tow aki pra te ajudar. bjaum, linda!

    ResponderExcluir
  10. Obgd aciello, bom eu cheguei a pgar e a falar cm ele uma vz nesse ano pelo nossos celulares,aih eu perguntei da nova scola e pra vr a reação dle perguntei c lah tinha garotos bonitos aih ele nao me respondeu o q isso significa?
    ass-Sara

    ResponderExcluir
  11. De nada, Sara.
    e se ele não respondeu nada é pq aí tem, na minha opinião. Mas antes de pensar qualquer coisa, liga pra ele e conversa, se reaproxima dele. Marcam de sair para assistir a um filme. Aposto como vcs vão ter um papo. Aí vc vai perceber através do papo dele se ele ainda qr algo ou naum com vc. bjaum... qlqr coisa pode me perguntar!

    ResponderExcluir
  12. Obgdo!!!Sab eu nao cnsigo esqcr ele minhas colegas falam q é pra eu partir pra outra e tal mais eu nao qro,igual cmo a veronica,eu sei cmo ela se sente,eu sinto falta dle dois carinhos dele,dos abraços,d ele pegar na minha mao,d ele jogar bolinha d papel em mim,rsrs...So nao rolou o beijo..

    ResponderExcluir
  13. D nada! Sara, se só faltou o bjo então tah na hora de vc agir! se ele qser algo com vc vai dar certo! faz do jeito q eu te disse naum tem erro! rsrs...bjaum..

    ResponderExcluir